RSS

Sete competências essenciais aos gestores de TI em 2010

06 set

O novo cenário de negócios, em que as empresas retomam o crescimento após um período de crise, exige que os gestores de TI tracem um plano de curto prazo para suas carreiras. De acordo com especialistas do setor, mais do que nunca, esses profissionais precisam buscar formas de se livrar de vícios antigos, como deixar que as atividades operacionais consumam boa parte do tempo que deveria ser destinado a atividades estratégicas.

Os especialistas no setor concordam que nem mesmo os profissionais que apresentam todas as competências exigidas no mercado terão seu sucesso garantido nesse novo cenário de negócios. O futuro de quem atua em TI depende de uma habilidade de aprendizado contínuo e um entendimento amplo de tecnologia e das capacidades de liderança.
“A questão crucial para a sobrevivência dos gestores de TI será a habilidade de avaliar os caminhos para o desenvolvimento da carreira”, informa a especialista em recrutamento de executivos e autora do livro Getting to the Top (sem versão em português), Kathryn Ullrich. Ela aponta que, esses profissionais têm de analisar dois caminhos: permanecer como alguém com foco em tecnologia – o que exigirá um conhecimento técnico profundo – ou se tornar um diretor ou vice-presidente, o que demandará o desenvolvimento das capacidades de liderança.

Os gestores de TI, no entanto, podem ser bons tanto nas questões técnicas como gerenciais, especialmente, aqueles que quiserem ter sucesso no momento atual, destaca o consultor em tecnologia e ex-CIO das empresas Bechtel e Viacom, Hank Leingang. “A menos que esses profissionais queiram ser apenas tiradores de pedidos, deveriam apresentar um viés de negócios, que contemple estratégia, operações e como melhorar processos”, detalha.

E os especialistas são unânimes ao informa que, por mais que se fale sobre a importância dos gestores de TI focarem em negócios, boa parte deles têm hoje buscado conhecimentos técnicos como forma de ganhar valor na organização. O que pode representar um risco para a carreira, uma vez que o executivo tende a ser enxergado apenas como alguém técnico, mas sem capacidade de planejamento e estratégia. “O ideal é balancear o conhecimento em tecnologia com um entendimento de negócios e de gestão das pessoas, em especial, para ganhar uma melhor visibilidade nesse cenário pós-crise”, avalia Leingang.

A seguir, os especialistas elencam sete competências essenciais para os gestores de TI que quiserem reforçar sua presença nas empresas e ganhar mais espaço em 2010:

•    1 – Equilibre a especialização em TI com o conhecimento de outras funções essenciais a qualquer gestor
•    2 – Se posicione como um especialista em minimizar riscos
•    3 – Construa fortes relações de trabalho
•    4 – Abrace as tarefas analíticas
•    5 – Cuide da arquitetura corporativa
•    6 – Troque a gestão dos projetos pela gestão das políticas e dos processos
•    7 – Invista na comunicação com os diversos públicos

Fonte: http://cio.uol.com.br

Anúncios
 
Comentários desativados em Sete competências essenciais aos gestores de TI em 2010

Publicado por em setembro 6, 2010 em Notícias

 

Os comentários estão desativados.